23 de fev de 2011

O preconceito contra a orígem geográfica e de lugar, incompetência, insensatez, loucura ou o que ?

A partir do que foi amplamente divulgado na mídia sobre a brutal e insana atitude do prefeito de Manaus, Amazonino Mendes, posto aqui minha singela opinião sobre o fato.
Bem, pelo que chegou ao conhecimento do público em geral, o dito cujo após visitar uma área da periferia de Manaus que sofreu desastres por conta de deslizamento de encostas, foi enfático ao dizer para uma moradora "então morra!" após ser questionado no momento de sua visita enquanto falava sobre a necessidade dos moradores saírem da área e não terem pra onde ir.
A dona de casa, desempregada e paraense foi ainda vítima de preconceito após dizer sua origem quando perguntado por Amazonino de onde era. Ao que se sabe o papel de um gestor público municipal não é levar a população o informe de que enfrentam problemas de ordem diversas, pois isto já sabem e vivem cotidianamente , entre suas atribuições cabe utilizar de seu posto em beneficio dos mais necessitados visto que são estes que precisam da salvaguarda do Estado para que possam ter seus direitos e dignidade garantidos, e , sobretudo,  isso cabe ao representante do Estado na figura do prefeito enquando menbro do governo local.
Com isso é notório a falta de conhecimento de sua responsabilidade e de seu papel enquanto gestor, caracterizando assim um perfil de total desqualificação para exercer o cargo que ocupa e representar o povo que não pactua com seu pensamento tacanho.
Além do preconceito da origem geográfica da cidadã brasileira e paraense, o ato discriminatório é repugnante e serve frequentemente aos desvalidos do saber como solução aos reais problemas sociais enfrentados pela população para os quais o "desvalido" não tem qualquer solução viável do ponto de vista moral, ético, humano, político e social, partindo assim ao uso de seus únicos instrumentos de recurso, a barbárie e  a insensatez!
Atitudes como essa me faz pensar que muitos dos governantes são o retrato do retrocesso  às práticas já superadas e vêem soluções, como para o caso da pobreza, o exemplo chinês de controle populacional, que como sabemos já foi superado mesmo no Séc. XVIII com Marx pondo em xeque a teoria de Malthus. Parece prático solucionar a probreza "matando os pobres antes de nascerem" com o controle da população, é notório que no caso chinês economizou-se muito com os milhares que deixaram de nascer, porém não se mudou a realidade de pobreza dos que já coexistem em meio as incompetências governamentais.

3 comentários:

  1. Oi, Te amo!!! Eu não quero matar os pobres!!!
    Eu quero dar de presente para este blog um selo,se quiseres postar neste blog pega do blog: http:soapaixonadosporjesus.blogspot.com/
    Obs:O presente tem algumas tarefas a cumprir: indicar cinco blogs que você admira,fazer cinco confissões, indicar cinco livros e indicar cinco músicas.Escolhi este blog pelos serviços prestados neste mundo digital dando informaões e conhecimentos preciosos a comunidade que acessa internet.

    ResponderExcluir
  2. pow cara concordo c vc..sacanagem desse cara...a incompetencia É clara...

    ResponderExcluir
  3. Passei aqui para dizer que quero presentear este blog com o selo número 02, ver postagem do dia 04.03.2011,ler o comentário do selo , pois tem tarefas a cumprir, isto é caso queira postar neste blog, ok!!! Ver também as tarefas que implicam o selo número 01 que também é presente para este blog!!!

    ResponderExcluir