31 de ago de 2011

Diário de viagem: Foz do Iguaçu, Brasil

Como não sou de ferro e , como todo mundo, tenho direito ao merecido descanso do trabalho. Aproveitei então as férias de julho para além de trabalhar no PARFOR fazer uma viagem para algum destino internacional... o roteiro escolhido foi o sul do Brasil e depois me aventurar na Argentina e no Paraguai. mas para isso abandonei o curso de História na Ufpa, o qual faço nas férias!

Viajando....

Dia de viajar, malas prontas e expectativa a mil. Para começar, a primeira surpresa do dia, uma ligação da companhia aérea informando que o voo em que eu deveria embarcar havia sido antecipado em 2h, e caso eu não embarcasse neste novo horário perderia o voo de conexão no Rio e ficaria a deriva. pode isso? no Brasil sim!
Imediatamente fui para o aeroporto Internacional de Belém que ficava a apenas 10 minutos de onde eu estava. Chegando lá, tudo resolvido e meu novo trajeto Belém - SP - Curitiba - Cataratas. Saí as 15h de belém e cheguei a meia noite no aeroporto das cataratas.
Chegando em Foz do Iguaçu encarei um frio que jamais havia sentido -1º C, foi congelante!! na manhã seguinte uma surpresa, o frio fez gear com o congelamento do orvalho da manhã e com isso o sabonete liquido ficou semi-congelado, pastoso, e dificílimo de usar. Levantar cedo com um frio de 6º C não é  tarefa fácil, mas a ida ao parque nacional do iguaçu recompensou e lá pelas 9h a temperatura já estava em 12º C, mas a sensação térmica era bem mais baixa por conta do vento.
A chuva que caiu durante toda a manhã não ajudou muito, principalmente com as fotos. Entretanto não podemos negar que a vista do parque a partir do lado brasileiro ( de onde se vê o lado Argentino ) é ímpar!
Adicionar legenda